Pesquisar este blog

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Ruídos

Mesmo com o maior de todos os barulhos, ainda é possível se pensar. Decerto que não é fácil, mas possível.
Contudo, concluir um raciocínio com uma barulhada dos infernos é praticamente impossível se vc não for um iogue praticante há pelo menos 485 anos.
Sou a favor sim da festa do silêncio. ( http://www.netmarkt.com.br/noticia2004/1610.html ) Queria eu, aliás, que no futuro, todas as festas passassem a ser assim daqui pra frente.

Comunicar-se na era moderna é bastante mais fácil do que antigamente, certo?
Depende. A quantidade de informações à disposição hoje em dia pode se tornar um ruído e dos mais altos, tornando praticamente impossível de se dignosticar o que o outro está falando.
Aliás, não é de hoje que é moda antes de ir ao médico, jogar os sintomas no google e achar que tem lúpus pq anda enjoado ou achar que tem um coágulo na cabeça por causa de uma dor mto forte.
Faça isso! Pesquise seus sintomas e vá ao médico. Faça o que quiser, mas vá ao médico. Se informar não é demais, mas não pense que o pobre coitado de branco atrás de mesa estudou 12 anos pelo google.

Não deixe que o saber se torne uma ferramenta da ignorância. Esteja disposto a receber novas informações.
Todo o resto das pessoas juntas sabem bem mais do que você sozinho. Junte-se à elas e aprenda com cada um que passou por vc, mas deixe-os passar quando não tiver mais o que te acrescentar!

Em tempo: Dois ouvidos, uma boca. Ouça mais e faça menos ruído. PELO AMOR DE DEUS, fuja da ignorância, ou se afaste de mim!

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Razão

Tudo tem uma razão.
A razão de uma discussão se perde entre frases mal-ditas, mas ela está lá.
A certeza de algo é a razão de muitas derrotas e perdas.
Haja briga pra ver quem tem razão.
Importante não é mais ajudar o outro a encontrar a própria razão, mas tentar impor a sua e proliferar idéias nem tão boas assim, na maioria das vezes, pois parece que só tem razão quem tem mais seguidores.
Oras, é assim?! Então até que Lúcifer tem bastante razão em algumas cositas.
Gostaria de não ter certeza do que eu digo, mas esta é a razão de eu dizer algo, sempre....aqui ou ali.
Posso até não ter certeza da minha certeza, pois toda certeza é tão volátil quanto a razão, mas que eu levanto todos os dias por uma única razão, sim...é a verdade!
Outra coisa tão volátil quanto a razão ou a certeza, a tal verdade.
Verdade que se preze, não se esconde na boca de nós, ignorantes. A verdade é única, mas está escondida, graças a Deus.

"A verdade vos libertará"
Queremos mesmo ser libertados de nossa amada ignorância, ou somos felizes assim?!
Creio que não estamos prontos para a verdade. E se déssemos a 'sorte' de encará-la de frente, não conseguiríamos identificar. Somos demasiadamente cegos por nós mesmos.

Mas é a busca da verdade, a razão de eu levantar todo dia com a certeza de que posso evoluir.

Em tempo: Estive fora durante um longo período e agora me reconectei ao mundo virtual, mais por necessidade do que por querência, mas espero que este mundo infinitamente superior em tamanho seja útil à minha busca, e que livre de mim suas verdades mentirosas.
Estamos caminhando...novamente por aqui.
=]

PS: É denso, mas é meu! hehe