Pesquisar este blog

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Dois dias...

"Sob o denso e desconexo desprazer de desaprender a desarmar e desamar, desisto de desistir e de destituir a destruição desinibida da dualidade desumana. 
Desastrada e distraída, duas estradas e uma vida. Tal descarada e disforme que desanda qndo dorme.
Daqui por diante, disfarço e vou pra d'antes do discurso degradante.
Distúrbios deixando descontentes dias d'outrora doravante...
Deixo o desconcerto pra depois..."

Aos pagãos: Desejo-lhes que este solstício de verão seja repleto de Luz para trilhar a Vida com muito Amor.

Aos cristãos: Desejo quase o mesmo...com a lembrança de que não devemos fazer deste dia o mais importante pois comemora-se o aniversário deste ou daquele...mas que devemos sim fazer com q todos os outros 364 sejam tão especiais qnto este.

Em tempo: O passado passou e agora é experiência, o futuro não vem enqnto existir o presente...e este presente...TODOS têm, mas poucos desembrulham.

2 comentários:

Martha disse...

Ah Mau, por mais tempo que eu passe no teu blog, que eu leia, que eu converse com vc... vc sempre será minha caixinha de surpresas favorita.

Que o mistério que há em vc nao se perca pelas curvas e deslizes do caminho, mas que elas aumentem a cada montanha vencida...

Ruiva

Luna disse...

Ando atrasada no teu blog, desculpa.
De certa forma é bom, pois venho aqui e leio junto, tudo. Ah...faz tão bem.
Gosto do que tu escreve, assim como gosto de ti.

;*