Pesquisar este blog

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Dor

Objeto [?] de cunho sacana, que vem para tirar-te do eixo, do contexto. Te joga fora do enredo, te faz atravessar o samba, cair da moto, fazer careta nas fotos, ficar um pé-no-saco em festas.
Pode vir a ser também uma maneira do seu corpo te dizer q tem algo errado, mas essa definição não tem graça!

Quando sentimos dor, viajamos para outra dimensão. A dimensão onde, habitualmente, só ficam os loucos.
Já vi pessoas fazerem loucuras por causa da dor. Se matar foi a mais bizarra, ridícula e egoísta q eu já vi, mas vi.
Eu já bati em outro lugar, pro cérebro ordenar envio de MAIS substâncias anti-dor. Se cortar tb resolveria, mas sai sangue e dá trabalho.
Ao sentirmos dor, perdemos bom-senso...quanto mais dor, menos bom-senso.
A única coisa que alguém q sente dor, consegue pensar é: COMO ME LIVRO DESTA COISA?
E vc vai ver receitas da vovó, até coisas do arco-da-velha...mas dificilmente algo fará vc PARAR de sentir dor imediatamente. Salvo exceções.

Onde quero chegar? não sei! Tow com dor, e com dor tudo se perde. Raciocínios não se completam, frases não se formam, conceitos são esquecidos, a matemática se perde...e o bom-senso...bem, esse já foi.

Em tempo: Neosaldina pode dar barato se tomada em doses avançadas.

Um comentário:

•' кåthiliñ _ ټ disse...

o pior é aquela dor que nenhum remédio resolve,
nem dormir a noite.. acordar assustado, preocupado..
a dor que não adianta bater em outro lugar, nada a fará parar até que eu o possa ver...

a dor de uma saudade
um vazio no peito, a falta de alguém

amo vc amigo.
bjão